Bloco Swingueira | Samba Reggae Atenas
199
home,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-199,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive
swingueira_logo_circles_100

A MÚSICA

O samba afro e o samba reggae nasceram na cidade de Salvador, na Bahia, na década de 1970 com o surgimento do primeiro bloco afro, o ILÊ AIYÊ. Esta linguagem musical expressa a identidade e o orgulho dos afro-descendentes da Bahia. Os afro-brasileiros tiveram um papel muito importante no desenvolvimento inicial do samba, cujo primeiro ritmo tinha um toque “baiano” na dança e na música, o chamado “samba de roda”. A evolução do samba para o ritmo rápido atual ocorreu mais tarde no Rio de Janeiro.

 

Os ritmos e danças sagrados da religião camdomblé influenciaram radicalmente no nascimento do samba afro e samba reggae. A partir de 1974 passou-se a utilizar tambores de metal ao invés de madeira, tornando mais fácil o desfile de blocos afros.

 

A mistura de ritmos africanos com o candomblé, o samba, o reggae, o merengue, o ijexá e o funk levam a uma mistura “explosiva” e moderna de ritmos, danças, civilização e cultura.

 

Os principais representantes desse ritmo e fontes de inspiração para nós são bandas como: Ilê Aiyê, Olodum, Muzenza, Malê Debalê, Timbalada, entre outros.

 

O samba reggae passou a ser uma linguagem musical internacional, com bandas de percussão se espalhando por todo o mundo.

 

Na Grécia o primeiro bloco foi criado em 2003 pelo Ângelo Polychronou depois de um seminário com o Giba Gonçalves, paralelamente com a criação de outro em Salônica, o bloco Paranauê, sob a direção de Edy Spaapen.

 

Desde então surgiram outras bandas do gênero no resto da Grécia, em cidades como Volos, Edessa, Drama, Chios, Drama, cooperando entre si em aulas e seminários em comum.

swingueira_logo_circles_100

O BLOCO SWINGUEIRA

O Bloco Swingueira surgiu em 2014 e desde então apresenta-se ao vivo em diversas ocasiões, como festas de Carnaval, eventos, festivais e festas comunitárias. Alguns exemplos:


Carnaval de Metaxourgio 2015 - 2020

Carnaval de Patra 2016 - 2019

Fundação Stavros Niarchos(SNFCC) Festas de carnaval 2017 - 2019

Carnaval de Chalkida 2017 - 2018

Maratona de Atenas 2016 - 2017

Allou Fun Park
Eventos natalinos 2018
Festas de carnaval 2019 - 2020

Fundação Stavros Niarchos (SNFCC) SNF Night Run 2017

34η Encontro de escoteiros da Grécia

Locomondo 2015 (Abertura)

Yoga Spring Fair (pela rádio Pepper 96.6) Jardim da Sala de Concertos (Megaro Mousikis) 2015

Circus Dayz fest Athens 2015

Circus Dayz fest Santorini 2016

Angariação de fundos para a Cozinha comunitária “O Outro Ser Humano” 2016

O BLOCO SWINGUEIRA

O Bloco Swingueira surgiu em 2014 e desde então apresenta-se ao vivo em diversas ocasiões, como festas de Carnaval, eventos, festivais e festas comunitárias. Alguns exemplos:


Carnaval de Metaxourgio 2015 - 2020

Carnaval de Patra 2016 - 2019

Fundação Stavros Niarchos(SNFCC) Festas de carnaval 2017 - 2019

Carnaval de Chalkida 2017 - 2018

Maratona de Atenas 2016 - 2017

Allou Fun Park
Eventos natalinos 2018
Festas de carnaval 2019 - 2020

Fundação Stavros Niarchos (SNFCC) SNF Night Run 2017

34η Encontro de escoteiros da Grécia

Locomondo 2015 (Abertura)

Yoga Spring Fair (pela rádio Pepper 96.6) Jardim da Sala de Concertos (Megaro Mousikis) 2015

Circus Dayz fest Athens 2015

Circus Dayz fest Santorini 2016

Angariação de fundos para a Cozinha comunitária “O Outro Ser Humano” 2016

swingueira_logo_circles_100

LIÇÕES

O nosso objetivo, portanto, é apresentar a vocês esta experiência única e introduzir-lhes ao mundo mágico dos ritmos do Brasil!

 

Para nós o ideal é a sua integração no conjunto de percussão (bloco) e a participação em nossas atividades.

 

As aulas são direcionadas a todos, independentemente de nível e não é necessário ter conhecimento prévio de música ou já haver tocado algum instrumento musical!

 

Quem ensina e rege é o Ângelos Polychronou com a ajuda da Anatoli Aroutzidi, e com a participação dos melhores mestres brasileiros em atividade: Memeu, Marivaldo Paim, Cesar Veloso, Mario Pam, Patinho Correia, entre outros.

 

SEGUNDA-FEIRA

19.00 – 20.30 (Principiantes)

20.30 – 22.00 (Avançado)

QUARTA-FEIRA

19.00 – 20.30 (Principiantes)

20.30 – 22.00 (Avançado)

 

Além disso, organiza seminários com os mestres mais importantes da cultura afro-brasileira.

 

Seminários:

Mestre Memeu (Olodum) 2018

Mestre Cesar Veloso (Malê Debalê) 2017

Mestre Memeu (Olodum) 2016

Mestre Marivaldo Paim (Ilê Aiyê) 2015

swingueira_logo_circles_100

CONTATO

CONTATO

Apoie-nos através do Crowdfunding.
Muito obrigado!
Salve o Estúdio da Swingueira
Apoie-nos!
Apoie-nos através do Crowdfunding.
Muito obrigado!
Salve o Estúdio da Swingueira
Apoie-nos!
Como uma equipe cuja receita vem principalmente de apresentações ao vivo, nós, por nossa vez, somos afetados - como o resto do mundo da arte - pela pandemia de Covid-19. Para nós agora está muito difícil cobrir as despesas de manutenção dos instrumentos e também arcar com os custos fixos do nosso espaço (estúdio).
Por isso decidimos recorrer à solução de crowdfunding com a qual pedimos a sua contribuição, ajuda e apoio, que será decisivo e importante para o andamento da nossa equipe.

Muito obrigado!
Salve o Estúdio da Swingueira
Apoie-nos!
Como uma equipe cuja receita vem principalmente de apresentações ao vivo, nós, por nossa vez, somos afetados - como o resto do mundo da arte - pela pandemia de Covid-19. Para nós agora está muito difícil cobrir as despesas de manutenção dos instrumentos e também arcar com os custos fixos do nosso espaço (estúdio).
Por isso decidimos recorrer à solução de crowdfunding com a qual pedimos a sua contribuição, ajuda e apoio, que será decisivo e importante para o andamento da nossa equipe.
Muito obrigado!
Salve o Estúdio da Swingueira
Apoie-nos!